Sign In

Identifier

Event

Language

Presentation type

Topic it belongs to

Subtopic it belongs to

Title of the presentation (use both uppercase and lowercase letters)

Presentation abstract

O presente artigo tem como objetivo apresentar o conceito de kitsch como conceito estético das fake news. Pois o problema das fake news, notícias falsas que muitas vezes se disseminam pela internet, tem sido bastante debatido nos meios especializados e fora deles. Este texto estará limitado a apontar alguns aspectos desse debate que permanecem, na opinião do autor, pouco esclarecidos e mal iluminados. Perpassamos em nossa pesquisa a relação estética da fake news com os estudos acerca do kitsch, tomamos como ponto de partida o significado etimológico e histórico de kitsch através da perspectiva de Abraham Moles; caracterizamos os 4 tipos de kitsch na ótica da pesquisadora Sêga: imitação, exagero, ocupar um espaço errado e perda da função original; aprofundamos o olhar ético de Hermann Broch acerca do estilo kitsch como má comunicação e concluímos o estudo com a perspectiva de Milan Kundera, em que o autor tcheco conceitua como um aspecto de negação da “merda” humana, ou seja, kitsch seria a tentativa humana de ignorar as próprias fragilidades e sombras existenciais. Buscando assim uma falsa beleza e harmonia que trouxesse uma sensação de paz e fim da tragédia. De modo que podemos considerar a força estética do kitsch como manutenção comunicativa e ideológica das fake News na produção de alienação da condição humana.

Long abstract of your presentation

Keywords (use both uppercase and lowercase letters)

Main author information

Lucas Fernando Gonçalves (Brazil)
Universidade de Brasilia (Brazil) 2381
Scientific production

Co-authors information

Status:

Approved