Sign In

Identifier

Event

Language

Presentation type

Topic it belongs to

Subtopic it belongs to

Title of the presentation (use both uppercase and lowercase letters)

Presentation abstract

O objetivo central do trabalho, dedica-se a alinhar as abordagens teóricas sobre Variedades de Capitalismos (VoC) e sua contribuição para o entendimento das economias em diferentes países. Por meio de uma análise histórica apresenta-se o processo de formação do Estado brasileiro e seu papel para o desenvolvimento econômico especificamente encontrado na região. O presente trabalho foi importante para dinamizar as discussões sobre variedades de capitalismo, que se configura como uma abordagem com foco na eficiência econômica e no resultado. Foi possível destacar que o Brasil tem as suas próprias variedades de capitalismo, que se estruturaram a partir de um processo bem específico de colonização. A partir de registros da história econômica do mundo é possível encontrar similaridades básicas, sobretudo com a Índia

Long abstract of your presentation

O presente trabalho tem o objetivo de provocar o debate em torno das características básicas da formação econômica do Brasil, com o propósito de destacar e fomentar discussões que versem sobre as características marcantes da sua trajetória inicial de desenvolvimento, marcada pelo processo de colonização por parte de países de origem ibérica

Podemos dizer que o modelo do capitalismo ibérico, fonte primordial para a formação das variedades do capitalismo brasileiro teve a capacidade de formar características essencialmente únicas e exclusivas para a principal potencia econômica da América Latina. 

Para embasar os pressupostos do ensaio, inicialmente serão definidas as características do capitalismo ibérico, posteriormente as suas influências para o capitalismo brasileiro. Por fim, com o objetivo de ampliar o debate, serão investigados estudos que apontem origens semelhantes desse tipo de capitalismo em outras partes do mundo, essencialmente em países que passaram por um processo intenso de colonização, como o Brasil.

O presente ensaio foi importante para dinamizar as discussões sobre variedades de capitalismo, que se configura como uma abordagem com foco na eficiência econômica e no resultado. Como postularam Hall e Soskice (2001) sugere-se que só depois de entender as relações institucionais internas a cada nação, se inicie analises de questões e de comparação sobre as variedades de capitalismo e as formas de governo de cada paísAlém disso, os estudos de VoC, conforme defendido por Hancké & Thatcher (2008), apresentam uma interessante diversidade de análises que enriqueceramsignificativamente nossa compreensão do mundo.

Logo, é preciso considerar que o Brasil tem as suas próprias variedades de capitalismo, que se estruturaram a partir de um processo bem específico de colonização. A partir de registros da história econômica do mundo é possível encontrar similaridades básicas, sobretudo com a Índia, conforme ênfase dada neste ensaio. 

O ensaio também reforça que é preciso reconhecer que não somos o Ocidente. Somos a América Latina e isso significa que os interesses desta região foram discutidos de maneira mais organizada nas teorias sobre o estruturalismo, sob uma visão cepalina. Além disso, para Bertola & Ocampo (2013), a América Latina não tem níveis de educação, competitividade produtiva etecnologias de forma suficiente para o padrão de desenvolvimento requerido pelo modelo dos países de centro. 

Para entender as raízes desses problemas, é preciso conhecer os alicerces da formação das instituições dos países periféricos, para o Brasil e Índia, por exemplo, os estudos de Raimundo Faoro e Daron Acemoglu, respectivamente são peças fundamentais para tantoPara o caso brasileiro também foi determinante as leituras e discussões sobre os escritos de Caio Prado Júnior. 

Acredita-se que este ensaio tenha a capacidade de iniciar uma discussão, que merece ser profunda e cuidadosa, é claro. Mas inicia-se aqui, uma promissora agenda de pesquisa, que pode contribuir para a articulação de ações estruturantes para um modelo de desenvolvimento econômico capaz de dar respostas efetivas às necessidades de Nações com perturbações sociais e de mercado tão marcantes como no caso brasileiro.

Keywords (use both uppercase and lowercase letters)

Main author information

Alberto Abadia Santos Neto (Brazil) 5809
Doutorando em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional CEAM-UnB
Scientific production

Co-authors information

Luiz Guilherme Oliveira (Brazil) 5810
Professor Associado da Universidade de Brasília
Scientific production

Status:

Approved