| Eagora

Sign In

Identifier

Event

Language

Presentation type

Topic it belongs to

Subtopic it belongs to

Title of the presentation (use both uppercase and lowercase letters)

Presentation abstract

Foucault explica la genealogía como la capacidad de hacer emerger los saberes sujetados, que consisten en: conocimientos locales; conocimientos individuales (pero no individualizantes); contenidos históricos que redefinidos por las relaciones de poder someten y desprecian ciertos conocimientos, los conocimientos descalificados. Tales conocimientos, en la búsqueda obsesiva de la identidad, sofoca y somete los conocimientos menores en lugar de liberarlos y permitir el surgimiento de conocimientos plurales. Inspirados en la concepción foucaultiana de los conocimientos menores, denominaremos al oficio de lo artesano como artes menores y seguiremos cuestionándonos: ¿qué efectos del poder del conocimiento se han producido en la praxis artesanal y qué implicaciones, para el ejercicio de la libertad, pueden tener estas artes menores. Nuestra propuesta no consiste en transformar al sujeto contemporáneo en artesano; sino, a través de una problematización de lo que llamamos ethos artesanal, poder pensar en perspectivas de experiencias vitales creativas alineadas con la experiencia estética y colectiva de la praxis artesanal. Para Agamben, el sujeto, en la época contemporánea, mantiene sus vínculos con los procesos creativos y con el colectivo fragilizados y el empobrecimiento de estas experiencias no le permite aprehenderse a sí mismo como un ser histórico, ya que la experiencia creativa no refuerza la cercanía del sujeto con su pasado y con su futuro, permitiéndole reconocerse como el autor de sus acciones. La fabricación del artesano de la época medieval, Sennett señala que la creatividad y las relaciones de cooperación estaban presentes, características que desaparecieron con la aparición de la producción industrial. En este sentido, Arendt denuncia la exaltación del trabajo en la Modernidad, como actividad productiva, que está marcada por los fundamentos del utilitarismo y el consumismo, por ser facultades humanas que debilitan la experiencia de comunión entre los hombres y que, de diferentes maneras, han producido el aislamiento del sujeto.

Long abstract of your presentation

Keywords (use both uppercase and lowercase letters)

Main author information

Geruza Valadares Souza (Brazil)
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ) (Brazil) 1477
Professora adjunta dos cursos de graduação em Terapia Ocupacional, Fisioterapia e Farmácia do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ). Possui graduação em Filosofia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ (2009) e graduação em Terapia Ocupacional pela Universidade Castelo Branco (2001). Especialista com pós graduação Lato Sensu em Gestão Pública pela Universidade Cândido Mendes (UCM / AVM). Mestre em Psicologia pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - UFRRJ. Atualmente está cursando o doutorado em Filosofia pelo Programa de Pós-Graduação em Filosofia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGF / UFRJ) e o doutorado em Pensamento Filosófico Contemporâneo na Universitat de Valência, Espanha, com orientação de tese do Prof. Dr. Anacleto Ferrer Más. Atua principalmente nas seguintes áreas: reabilitação psicossocial, na clínica da drogadição, humanização em saúde e filosofia contemporânea.
Scientific production

Co-authors information

Andreia Pereira de Macêdo (Brazil)
Universidad Federal Rural de Río de Janeiro (Brazil) 4453
Doutorado pelo Departamento de Sociologia e Antropologia Social da Facultat de Ciències Socials da Universitat de València-Espanha (2016), com título reconhecido pelo Programa de Pós-graduação em Ciência Política da Universidade Federal de São Carlos - PPGPol-UFSCar, em 2018. Mestre em Planejamento Urbano e Regional pelo IPPUR/UFRJ (2002), Especialista em Planejamento e Uso do Solo Urbano pelo IPPUR/UFRJ (1999), Bacharel em Ciências Sociais pelo IFCS/UFRJ (2011) e Licenciada em Economia Doméstica pela UFRRJ (1998). Atualmente é Professora Adjunta do Instituto Multidisciplinar da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Sociologia, Políticas Públicas e Planejamento Urbano e Regional, com ênfase em aspectos sociais e políticos do planejamento urbano e do turismo, atuando principalmente nos seguintes temas: participação social, gestão democrática das cidades, análise sociológica do discurso, desigualdades urbanas e segregação socioespacial.
Scientific production
Marcus Vinícius Machado de Almeida (Brazil)
Universidad Federal de Río de Janeiro (Brazil) 4452
Professor associado da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Departamento de Arte Corporal da Escola de Educação Física e Desportos da UFRJ.Possui graduação em Filosofia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2010), graduação em Dança pelo Centro Universitário da Cidade (2004), graduação em Composição - Conservatório Brasileiro de Música Centro Universitário (2009), graduação em Terapia Ocupacional pela Faculdade de Reabilitação da Asce (1991), mestrado em Artes Visuais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1997), doutorado em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas (2006) e estágio pós-doutoral em Psicologia pela Universidade Federal Fluminense. Possui a certificação em Certification Program in Laban Movement Studies (Certified Movement Analyst - CMA) pelo Laban/Bartenieff Institute of Movement Studies (LIMS) e certificação em Labanotation pelo Dance Notation Bureau, (ambos em Nova York). Participou dos processos de Criação dos cursos de Terapia Ocupacional, Teoria da Dança e Musicoterapia; e atuou como primeiro coordenador dos três cursos.
Scientific production

Status:

Approved